27/05/2024

Soft skills para compliance officers: como transformar sua carreira e a cultura corporativa

Descubra as soft skills essenciais para profissionais de compliance e como desenvolvê-las para um futuro promissor no setor financeiro
Laura Resende
Soft skills para compliance officers, duas mulheres conversando em uma mesa em uma sala de reuniões

Soft skills, ou habilidades interpessoais, estão sendo cada vez mais reconhecidas e necessárias no setor de compliance.

Essas competências, que moldam como interagimos, enfrentamos desafios e gerenciamos nossas tarefas, são demandas cada vez mais comuns. 

Neste post, vamos explorar a diferença entre hard skills e soft skills, destacar as principais habilidades interpessoais para profissionais de compliance, e discutir como essas competências podem ser desenvolvidas para garantir um futuro promissor no mercado de trabalho. 

Prepare-se para descobrir como as soft skills podem transformar sua carreira e a cultura de conformidade da sua empresa.

Soft skills: o que são?

Resumidamente, trata-se de competências que influenciam como interagimos uns com os outros, lidamos com desafios e gerenciamos nossas tarefas.

Algumas delas incluem colaboração em equipe, comunicação, criatividade, etc., e são importantes no ambiente de trabalho porque complementam as hard skills (habilidades técnicas) e podem impactar diretamente na produtividade cotidiana.

Segundo o relatório “The Future of Jobs Reports”, da World Economic Forum, divulgado ano passado,

 

Habilidades cognitivas sólidas são cada vez mais valorizadas pelos empregadores, refletindo a importância crescente da solução de problemas complexos no local de trabalho. As habilidades mais importantes para os trabalhadores em 2023 são consideradas o pensamento analítico e o pensamento criativo, e espera-se que isso continue assim nos próximos cinco anos. A capacitação tecnológica, especificamente em IA e big data, se tornará mais importante e as estratégias de habilidades das empresas se concentrarão nisso nos próximos cinco anos [até 2028].

Quais são as diferenças entre as hard skills e as soft skills?

As hard skills e as soft skills de profissionais de compliance diferem em suas competências técnicas e interpessoais. 

As hard skills incluem:

  • conhecimento técnico e regulatório, como leis e regulamentações específicas do setor financeiro e de compliance; 
  • habilidades em auditoria e controles internos, que envolvem a capacidade de realizar auditorias e revisar processos; 
  • análise de dados para interpretar grandes volumes de informações e identificar padrões de risco;
  •  gestão de riscos, que consiste em avaliar e mitigar riscos de conformidade; 
  • e o uso de software de compliance para monitoramento, relatórios e gestão de riscos.

 

Por outro lado, as soft skills envolvem:

  • comunicação eficaz, essencial para transmitir políticas e procedimentos de compliance de maneira eficiente; 
  • pensamento crítico e resolução de problemas, para analisar situações complexas e desenvolver soluções eficazes; 
  • integridade, refletindo um comprometimento com princípios éticos e servindo como exemplo para a organização; 
  • gestão de relacionamentos,  qual é a capacidade de construir e manter relacionamentos positivos com stakeholders internos e externos; 
  • e liderança e influência, habilidades para liderar iniciativas de compliance e engajar os colaboradores na importância da conformidade.

 

Na prática, um profissional de compliance pode aplicar suas hard skills ao conduzir uma auditoria regulatória, assegurando que todas as práticas estão em conformidade com as normas. 

As soft skills, por exemplo, são essenciais quando o profissional precisa treinar funcionários sobre novas políticas de compliance, comunicando de forma eficaz e garantindo a compreensão e adesão. 

Ambas as habilidades são fundamentais para garantir que as organizações operem conforme as leis e regulamentações, enquanto mantêm uma cultura corporativa ética e alinhada com as melhores práticas.

Principais soft skills para profissionais de compliance 

Ainda conforme o The Future of Jobs Reports, citado anteriormente: 

 

O pensamento analítico e o pensamento criativo continuam a ser as competências mais importantes para os trabalhadores em 2023. O pensamento analítico é considerado uma competência essencial por mais empresas do que qualquer outra competência e constitui, em média, 9% das competências essenciais comunicadas pelas empresas.

Essa característica é uma das que analistas e gestores de conformidade devem desenvolver uma variedade de habilidades pessoais para serem eficazes em seus papéis. 

Confira as principais:

Comunicação eficaz: refere-se à capacidade de se comunicar de forma precisa, compreensível e persuasiva, tanto verbalmente quanto por escrito.

Resolução de problemas: habilidade de identificar, analisar e resolver problemas de compliance de forma ágil, eficiente e eficaz.

Tomada de decisão: capacidade de tomar decisões difíceis e éticas, considerando os impactos de longo prazo das decisões.

Adaptabilidade: conseguir se adaptar a mudanças nas leis, regulamentos e no ambiente de negócios, mantendo o compliance da organização.

Trabalho em equipe: saber colaborar com diferentes departamentos e níveis hierárquicos da organização.

Gestão de conflitos: lidar com conflitos de interesse e disputas internas de forma imparcial e inteligente.

Pensamento crítico: analisar informações, identificar tendências e antecipar riscos.

Gestão do tempo: priorizar tarefas e gerenciar o tempo de forma eficiente para cumprir prazos e metas.

Resiliência: trabalhar com contratempos de forma construtiva, mantendo o foco nos objetivos da instituição.

O desenvolvimento dessas habilidades pode melhorar a eficácia dos profissionais de compliance em suas respectivas funções, permitindo-lhes lidar melhor com as demandas e desafios do ambiente de conformidade.

Quais as soft skills mais importantes para o profissional de compliance do futuro?

Para se ter uma ideia do panorama do mercado de trabalho, o The Future of Jobs Report 2023 também traz quais são as competências mais valiosas para os empregos do futuro.  No mercado de trabalho atual, as seguintes competências são priorizadas:

  1. Pensamento analítico
  2. Pensamento criativo
  3. Resiliência, flexibilidade e agilidade
  4. Motivação e autoconsciência
  5. Curiosidade e aprendizagem ao longo da vida
  6. Alfabetização tecnológica
  7. Confiabilidade e atenção aos detalhes
  8. Empatia e escuta ativa
  9. Liderança e influência social
  10. Controle de qualidade

 

Porém, até 2027, as seguintes habilidades serão destaque e prioridade: 

  1. Pensamento analítico
  2. Pensamento criativo
  3. Resiliência, flexibilidade e agilidade
  4. Motivação e autoconhecimento
  5. Curiosidade e Life Long Learning (aprendizagem ao longo da vida) 
  6. Alfabetização tecnológica
  7. Confiabilidade e atenção aos detalhes
  8. Empatia e escuta ativa
  9. Liderança e influência social
  10. Controle de qualidade

 

Pensando no profissional de compliance do futuro, essas soft skills podem ser aplicadas no dia a dia e criam a possibilidade de:

  • Compreender a legislação e regulamentos complexos;
  • Pensar fora da caixa para prever riscos e desenvolver estratégias preventivas;
  • Manter-se focado e produtivo mesmo em ambientes de alta tensão;
  • Buscar continuamente a melhoria e o crescimento profissional;
  • Utilizar software de compliance, ferramentas de análise de dados e plataformas de comunicação digital;
  • Garantir a precisão e a completude dos relatórios de compliance; e
  • Compreender as preocupações e perspectivas dos colegas, gerentes e outras partes interessadas.

Mas, afinal, como desenvolver essas soft skills?

Para profissionais de compliance, os treinamentos ideais são aqueles que abordam os aspectos específicos da área em que atuam, bem como os requisitos legais e regulatórios relevantes para o setor em que a empresa opera. 

Entretanto, os compliance officers podem se beneficiar de diversos treinamentos de soft skills para aprimorar suas habilidades de comunicação, liderança, resolução de conflitos e tomada de decisões. 

Existem diversos cursos especializados em compliance, oferecidos por instituições renomadas. Esses cursos abordam temas como LGPD, anticorrupção, prevenção à lavagem de dinheiro, entre outros.

Participar de webinars e seminários sobre temas relevantes pode ser uma maneira eficaz de se manter atualizado e adquirir novos conhecimentos na área de compliance.

Ler livros e artigos escritos por especialistas em compliance pode fornecer insights valiosos sobre as melhores práticas e tendências da área.

Outra sugestão é participar ativamente de eventos de networking, pois pode ser uma ótima maneira de conhecer outros profissionais de compliance e trocar experiências e conhecimentos.

Qual o impacto na empresa?

Segundo a pesquisa “Modelos e práticas de educação corporativa nas organizações brasileiras”, da PwC, em 75% das organizações de médio e grande porte, o plano de treinamento e desenvolvimento é alinhado com os objetivos do negócio.    

Essas ações têm impactado positivamente o nivelamento de competências técnicas e a formação de novos líderes em 89% das empresas. 

Além disso, contribuem para o alcance das metas do negócio e aumento da produtividade, conforme relatado por 86% dos respondentes.

Dicas práticas para os profissionais de compliance aproveitarem ao máximo os treinamentos

Identifique suas necessidades de desenvolvimento
Antes de escolher um treinamento, identifique suas necessidades específicas de desenvolvimento. 

Pesquise e escolha treinamentos relevantes
Pesquise e escolha treinamentos que sejam relevantes para suas necessidades de desenvolvimento e alinhados com os objetivos da empresa. 

Participe ativamente dos treinamentos
Durante os treinamentos, participe ativamente, faça perguntas e compartilhe suas experiências.

Aplique o que aprendeu
Após o treinamento, aplique o que aprendeu em sua prática diária. Isso ajudará a reforçar o aprendizado e demonstrará o valor do treinamento para a empresa.

Compartilhe o conhecimento com sua equipe
Compartilhar o conhecimento pode ajudar a melhorar a cultura de conformidade da empresa e incentivar outros profissionais a buscar treinamentos.

Mantenha-se atualizado
Mantenha-se informado sobre as últimas tendências e desenvolvimentos em compliance.

Estar constantemente atualizado sobre as melhores práticas é vital, pois garante que a empresa esteja sempre em conformidade e operando com integridade.

Essas habilidades não apenas melhoram a comunicação e a resolução de problemas, mas também promovem uma cultura de integridade e ética. Investir no desenvolvimento dessas habilidades pode trazer benefícios significativos para a empresa.

*Este conteúdo não representa opinião legal do Compliasset, tendo o propósito puramente informativo.

Entre em contato

Ícone Contato Software Compliasset Alertas Artigos

Faça parte do futuro do compliance no mercado regulado com o Compliasset.

Descubra como o nosso software pode fortalecer seu negócio.

Fale conosco hoje mesmo e agende uma demonstração gratuita!

APENAS 30 MINUTOS DE CONVERSA e PRONTO

O Compliasset te ajuda a ter mais velocidade no dia a dia!

Tenha o melhor software de Compliance como o seu aliado. É rápido, fácil e vai te colocar entre os melhores.