04/12/2023

ANBIMA publica regras para a contratação de influenciadores digitais

Objetivo desta atualização é dar transparência ao investidor sobre as relações entre distribuidores e influenciadores
Laura Resende
Alertas Alerta Regulatório de Compliance Compliasset ANBIMA

A ANBIMA publicou Regras e Procedimentos para contratação de influenciadores digitais (“Regras”), que integram o Código de Distribuição. O objetivo desta atualização é dar transparência ao investidor sobre as relações entre distribuidores e influenciadores.

As Regras entraram em vigor em 13 de novembro de 2023, e objetivam que o investidor tenha ciência de quando um conteúdo divulgado pelo influenciador é uma publicidade contratada ou não.

Quanto a sua abrangência, as Regras são voltadas para as instituições que seguem o Código de Distribuição da Associação, e que contratem influenciadores digitais e/ou agências que ofereçam tal serviço, para as seguintes atividades: (i) Publicidade de produtos de investimentos; (ii) Serviço de intermediação no exterior; e/ou (iii) Atividade de distribuição nos termos estabelecidos pelo Código de Distribuição.

No que se refere a transparência, em complemento à regulamentação vigente, o contrato entre as instituições participantes e os influenciadores digitais deve conter todos os itens elencados nos incisos do Art. 2º das Regras. Nesse contexto, as instituições devem disponibilizar e manter atualizada para a ANBIMA a relação dos influenciadores contratados.

Além disso, cumpre ao influenciador digital deixar explícito em suas publicidades, que se trata de publicidade de produtos de: (i) Investimento; (ii) Serviços de intermediação no exterior; ou (iii) Atividade de distribuição.

Ademais, deve informar a instituição que o contratou. Para tanto, será válida a menção verbal ou escrita na própria publicidade ou, ainda, a adição de hashtags deixando claro que se trata de publicidade e vinculando ao distribuidor (#parceria e #nomedainstituição).

Cumpre ressaltar que as instituições contratantes são responsáveis por todas as publicidades relacionadas ao objeto do contrato. Desse modo, cabe a instituição assegurar que o influenciador cumpra tanto o que dispõe o contrato, como também os seguintes pontos:

  • (i) Os requisitos previstos neste normativo e nas regras de publicidade aplicáveis ao Código de Distribuição; e
  • (ii) A veracidade das informações divulgadas e sua completude, de modo a não levar o investidor a erro.

Ainda, quando o conteúdo a ser divulgado nas publicidades pelo influenciador exigir autorização e/ou certificações da regulação e/ou autorregulação vigente, a instituição contratante deve garantir que os influenciadores digitais possuam tais certificações.

Por fim, as Regras determinam que a instituição deve armazenar os instrumentos contratuais referentes à contratação dos influenciadores por, ao menos, um ano, bem como toda a publicidade produzida que seja objeto do contrato firmado entre as partes. Essa documentação deve ser disponibilizada para a ANBIMA sempre que requerido.

Cabe esclarecer também que este Alerta foi redigido antes do dia 30.11.2023, quando foi publicado o novo Código de Distribuição. Nesse novo documento, as Regras exploradas neste Alerta Regulatório constam no Capítulo VII das Regras e Procedimentos de Distribuição de Produtos de Investimentos. 

*Este conteúdo não representa opinião legal do Compliasset, tendo o propósito puramente informativo.

Entre em contato

Ícone Contato Software Compliasset Alertas Artigos

Faça parte do futuro do compliance no mercado regulado com o Compliasset.

Descubra como o nosso software pode fortalecer seu negócio.

Fale conosco hoje mesmo e agende uma demonstração gratuita!

APENAS 30 MINUTOS DE CONVERSA e PRONTO

O Compliasset te ajuda a ter mais velocidade no dia a dia!

Tenha o melhor software de Compliance como o seu aliado. É rápido, fácil e vai te colocar entre os melhores.